quinta-feira, 11 de outubro de 2012

REDEMOINHO




REDEMOINHO

Numa paisagem  de fogo
queima ligeiro a macega
Não há água que resolva
esta voragem que cega .
Os meus olhos não entendem
porque tal redemoinho
precisa queimar também
justo a pá do meu moinho...

Gladis Deble

.

2 comentários:

  1. Aproveitando a noite de domingo para saborear teus versos.

    Encanta-me.

    Beijos ternurentos
    Clau Assi

    ResponderExcluir